11/06/2010


Entraste na minha vida sem eu quase dar conta. Foi tudo tão de repente.
Nem me deste tempo de querer ou deixar. De um momento para o outro estavas lá e pronto. E, de certo modo, eu logo soube que já não queria que saísses.
E durante muito tempo acreditei que não fosses mesmo sair. Já não sabia o que era estar sem ti, não o imaginava sequer.
Dissemos tantas coisas. Coisas que eu não vou esquecer, que não me saem da cabeça.
Fizemos promessas que não chegamos a cumprir e fizemos planos, construímos sonhos em cima de uma relação que acreditámos que ia durar o tempo necessário para que planos e sonhos fossem realizados.
Éramos felizes da forma mais pura porque, juntos, tínhamos o mundo na palma da mão. Juntos, éramos capazes de tudo. Juntos, tocávamos no céu sem ter que tirar os pés do chão.
Os meu ouvidos habituaram-se á tua gargalhada e não paro de a ouvir a todo o momento. Ainda te tenho dentro de mim, ainda te sinto a todo o segundo. É como se me estivesses agarrado á pele.
Tudo em meu redor me lembra de ti, como se estivesses estampado no papel das paredes. Como se fosses a luz que me entra pela janela e o aroma que me percorre a casa.
Tenho de arranjar maneira de me desligar de ti mas não consigo, não consigo apagar tantos meses da minha vida. Não consigo apagar as memórias, as fotografias, os momentos, as gargalhadas, os olhares que diziam tudo, as palavras, as promessas, os planos… não consigo desligar-me de ti. Ainda és demasiado importante, ainda és a minha vida, o meu mundo.

5 comentários:

Rita disse...

Quando alguem se torna o nosso mundo é porque é amor.
(tambem tenho esta imagem no meu pc :D )

Tânia Gil disse...

Só é pena quando o amor não chega.

Rita disse...

O amor por si só não chega mesmo. INfelizmente não chega mesmo. Eu que o diga...

Tânia Gil disse...

E eu... era bom que chegasse, mas já percebi que por mais que queiramos não é o suficiente.

Lady C disse...

Tânia, claro que não me importo que retires imagens daqui! Até me sinto lisonjeada, por partilhares do mesmo gosto que eu. Mesmo assim não tem problema absolutamente nenhum, porque eu própria retiro imagens de outros blog e sites. Se quiseres posso dar-te os links de uns quantos bancos de imagem, basta pedires. Beijinhos