29/12/2010

Faz hoje sete meses que tudo terminou. Tantos meses quantos os que estivemos juntos. Apartir de agora, o tempo em que te tive a meu lado será sempre menor que o tempo em que estou, e vou estar, sem ti.

3 comentários:

Rita disse...

Imagina quem partilhou tres anos, sabe Deus às vezes de que maneira, e um dia vê tudo cair como um baralho de cartas num dia vento junto à praia.

Tânia Gil disse...

Nem quero imaginar Rita. Se sete meses já foi o que foi, imagino três anos... Quando tudo acaba tiram-nos o chão mesmo.

susana disse...

É uma das coisas mais difíceis, mas é pensar no futuro e salvar os bons momentos :)