19/06/2012

Preciso das vossas mentes românticas a funcionar



Amanhã eu e o melhor namorado do mundo fazemos quinze meses de namoro e, como aqui já disse, morro de medo da rotina, essa malvada que ocupa o tempo a deixar que as relações caiam na monotonia, rocem o desgaste e por aí fora. Assim sendo, e como ultimamente nem temos feito nada de especial, estou a preparar uma noite surpresa para amanhã. Não somos muito dessas coisas românticas, mas de vez em quando não faz mal a ninguém, pelo contrário, acho que ele vai gostar imenso porque adora surpresas e até é um bocadinho mais romântico que eu.
Já que vou fazer isto, então que seja uma coisa bem feita. Quero ter velas, pétalas, óleo para massagens, um jantar delicioso que eu própria irei fazer, o quarto decorado a rigor e coisas do género.
Já alguém preparou este tipo de coisa? Alguém tem dicas e ideias para me dar? Contem-me tudo, que eu sou principiante nisto do romantismo :b

5 comentários:

Diogo Gonçalves disse...

daqui a uns dias eu e a minha namorada vamos fazer dois anos, e vou tipo encher a casa com velas, queimar incenso. uma coisa muito boa e que tem o seu toque de charme é espalhar pétalas de flores pelo quarto, bem como uns quantos ramos de flores. é romântico, e simpático...

boa sorte com o romantismo ;)

Tânia Gil disse...

Obrigada Diogo ;)

Plim disse...

Maria piquena um AVISO (de amiga do blog) cuidado com as velas e com a mobilia, eheh, é que uma amiga minha com tanto romantismo acabou por quase destruir a mobilia do namorado!
Acho que fazes muito bem em teres esse bicharoquinho a que chamas romantismo, força com esses preparativos. Ideias? Vindas de uma pessoa que não tem parceiro, não são lá muito boas! =/
Mas posso dizer-te que tens uma sorte do caneco por teres a casa só para ti, porque isso faz uma grande diferença no budjet para esse tipo de coisas.
calma nesses preparativos para dar tudo certo. E muitas felicidades para os dois! =)

Tânia Gil disse...

Que querida, obrigada Plim :)

Rita disse...

Eu já fiz uma coisa do género.. E ele adorou.. e também não somos nada de romanticos!