22/01/2013

Jardineiras


As jardineiras são um dos meus traumas infantis. E porquê perguntam vocês? Porque eu detestava vestir jardineiras, achava que era roupa de rapaz e pronto, implicava com elas e batia o pé quando tinha de as vestir. Até aqui tudo bem, duvido que fosse a única menina a odiar jardineiras, o problema era o seguinte: a minha avó adorava jardineiras, melhor, adorava ver-me de jardineiras. Volta e meia lá me obrigada a ir de jardineiras para a escola. Que tristes eram esses meus dias.

Posto isto, qual não foi a minha surpresa ao olhar para esta foto da minha queridíssima Hanneli e pensar "oh meu Deus, adoro as jardineiras dela". Adorei. Consegui pensar em vários looks com estas meninas, o modelo subido e cintado trouxe uma elegância às jardineiras que eu nunca conheci (as minhas era a direito, largas, enfadonhas, arrapazadas - o antigo estilo Osh Kosh B'gosh - digam-me por favor que todos tiveram umas em criança) e deve ter ajudado o facto da Hanneli ter esta pinta irrepreensível e ficar bem com qualquer coisinha. 
Já alguma vez tinham visto este modelo? Sabem onde posso encontrá-lo? Nem que seja só para experimentar - não prometo que o meu trauma seja tão facilmente ultrapassado, mas não custa tentar.




5 comentários:

❉ρєαснєs❉ disse...

Houve uma altura que não gostava nada de jardineiras! Mas depois passeia a adorá-las e gostava muito de ter umas. Mas não se vêem à venda :/

Alice Baptista disse...

Também tive essas jardineiras que não gostava mesmoooo ! mas lá tinha que usar, mesmo que contrariada. mas estas são mesmo elegantes :)

Marta Martins ♥ disse...

Amei o blog, já estou a seguir!

Amante Japonesa disse...

eu ainda tenho jardineiras (:

béu disse...

Já eu adorava jardineiras! Mas isso talvez deve-se ao facto de a maior parte das jardineiras que a minha mãe me vestia eram de saia ou calção :b