02/07/2014

♥ | O valor das palavras


O meu namorado não é daqueles que diz que me ama todos os dias, que me faz demonstrações de amor e carinho em público para todos verem e admirarem. Mas quando me diz coisas bonitas e quando age com gestos românticos surpreende-me, apanha-me desprevenida, aquece-me o coração. Sabe-me tão bem, deixa-me com o maior sorriso na cara e depois e mais de três anos ainda me faz sentir borboletas na barriga. É puro, é genuíno, é sentido e isso é a melhor coisa. Para mim, esses pequenos gestos, essas palavras doces e lindas com que me surpreende quando menos espero, valem muito mais do que um "amo-te" todos os dias. As palavras não se devem materializar, banalizar. Devemos valorizar as palavras mais importantes, guardá-las para os momentos certos para não perderem o seu sentido, a sua importância. Não precisamos de estar sempre a dizer o que sentimos um ao outro porque ambos sabemos o que somos e o que queremos ser, não preciso de estar constantemente a provar os nossos sentimentos, são verdadeiros, são naturais e por isso não precisam de ser constantemente anunciados.


6 comentários:

Ju. disse...

Gostei imenso deste post! Tens toda a razão e o meu namorado é parecido com o teu na nesse aspecto!
Beijinho*

Blackbird disse...

Adorei o texto :)

Vanilla Cream disse...

Concordo contigo

Catarina Canhoto disse...

E que seja sempre assim :)

As* disse...

Concordo plenamente , pequenos atos enchem-nos o coração ((:

Isy disse...

Tens toda a razão... Não podia estar mais de acordo com estas tuas palavras...

Bjxxx